Operação da Polícia Civil em Mãe Luiza prende integrantes do Sindicato do RN

Pablo Roberto de Araújo Santos, conhecido como “Rabujo”, 26 anos e Francisco Silas de Oliveira França, 26 anos foram presos em flagrante.
Uma operação policial conduzida pela Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur), com apoio do Batalhão de Operações Policiais (BOPE) e do helicóptero Potiguar 1, conseguiu prender dois homens, apreender armas, munições, celulares e drogas no bairro de Mãe Luiza, na manhã desta quinta-feira (9). Pablo Roberto de Araújo Santos, conhecido como “Rabujo”, 26 anos e Francisco Silas de Oliveira França, 26 anos foram presos em flagrante quando estavam na residência de Pablo.
“Os dois, que são integrantes do Sindicato do RN, são suspeitos de terem participado dos últimos ataques criminosos ocorridos em Natal, durante o mês de janeiro. Nós descobrimos a casa onde Rabujo estava e nesta manhã, as equipes deslocaram-se até a residência do mesmo. No local, nós encontramos Rabujo com Silas. Ambos estavam com um revólver calibre 38 com munições; uma pistola calibre 380 com munições; crack, maconha e cocaína; um instrumento para analisar a veracidade de ouro que era subtraído das vítimas. Nós indiciamos os dois por tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte compartilhado ilegal de arma de fogo”, detalhou a delegada Danielle Filgueira, titular da Defur. 
MATERIAL-H

A investigação feita pela Delegacia Especializada descobriu que a dupla estava planejando viajar para Recife com o intuito de praticar roubos durante o desfile do Galo da Madrugada.
De acordo com a delegada, Pablo Roberto de Araújo, que também possuía um mandado de prisão em aberto, é suspeito de ter matado duas vítimas no Distrito Federal. Ele também teria assassinado um homem no dia 27 de janeiro, em Mãe Luiza. “No momento da entrada dos policiais na casa de Pablo, os suspeitos dispararam e ele acabou sendo atingido de raspão na perna”, relatou a delegada Danielle Filgueira.